©

Quase 2015 e eu ainda com mágoa de 2006.