©
“E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. Coitado.
Tati Bernardi. (via fraquejastes)

Você mudou, ou eu não te conhecia?